Silvio Ximenes Imoveis

CANAIS DE RELACIONAMENTO

ENTRE EM CONTATO

  • 313247 - 1000VER NÚMERO

COMPRAR ALUGAR CÓDIGO FAVORITOS MAPA
Silvio Ximenes Imoveis
X
X
X
  • E agora Brasil? Compro ou Vendo?

    Por Cassia Ximenes* | Jornal Estado de Minas, 30/04/2017

    Porque a vida continua e todos precisam morar em algum lugar, continuam se casando e separando, nascendo e morrendo e precisando trocar de casa por variados motivos.
    Mas em meio a tantas incertezas , é hora de quê? De comprar ou de vender?

    Há décadas convivíamos com o forte cheiro de podridão na política brasileira, com uma inflação galopante, insegurança jurídica e planos econômicos mirabolantes, que nos deixavam sem rumo sobre quais os investimentos eram realmente confiáveis, tanto para assegurar o nosso patrimônio quanto para nos dar um bom retorno financeiro. O mercado imobiliário, como sempre foi o porto seguro de muitas famílias e investidores. Quase um oásis que blindava manobras governamentais para confiscar ou congelar bens! No início dos anos 90, quando do confisco das cadernetas de poupança e demais aplicações financeiras , quem tinha investimento em imóveis para alugar , respirou aliviado por ver garantido o recebimento dos aluguéis. Imóvel é sim um investimento conservador , seguro e altamente lucrativo quando bem aplicado. Mas e agora, o que mudou? A insegurança e o medo do brasileiro quanto ao futuro são frutos claros das mudanças ocorridas nos últimos tempos e passaram a dominar as mesas de negociação.

    Cássia-Ximenes-Quase nos acostumamos a rir de piadas sobre corrupção com as explicações simplistas do tipo: “sempre foi assim”, ou, “isto é Brasil”. Em 2016 nos vimos diante de um cenário inimaginável!: Uma mudança comportamental proveniente da revolução digital misturada às investigações que viraram do avesso as intimidades de figuras expoentes do mundo empresarial e político nacional. Tudo isto junto, gerou muitas dúvidas sobre o mercado imobiliário, atingido certeiramente.
    A palavra mais usada nos últimos tempos foi crise, que tem sua origem na língua grega, krísis. De acordo com o dicionário de etimologia, ela era usada pelos médicos antigos com um sentido particular. Quando o doente, depois de medicado, entrava em crise, era sinal de que haveria um desfecho: a cura ou a morte. Seu significado é: separação, decisão, definição.

    É assim que vejo o momento atual do nosso país : hora do desfecho, de cura ou de morte, de decisão e definição. Pois que vença a ética, a honestidade, a transparência, a meritocracia, a verdade, a retidão de caráter. Acredito que temos mais brasileiros bons que ruins! Mais honestos que desonestos! Mais corajosos que covardes! Temos boas chances de, daqui por diante, escrevermos uma história mais digna do nosso berço esplêndido.

    Estamos vivenciando uma oportunidade única de passar o Brasil a limpo.
    A sensação que tenho é que é a primeira vez que lavamos o chão do nosso país desde que foi descoberto e seguidamente coberto de poeiras, sujeiras e mofos nestas sequências de governantes corruptos e empresários igualmente bandidos.
    Vamos aproveitar para aprender com tudo o que estamos vivendo e nos fazer respeitar. É hora de não mais admitir deboche do nosso povo, do nosso jeito e da nossa cultura. Chega de nos boicotarmos fazendo chacota de nós mesmos…

    Acredito que a hora é sim de comprar. Não para, como abutres, se aproveitar da situação difícil de um ou de outro proprietário que se vê na necessidade premente de vender seu imóvel, porque este tipo de atitude é similar à tantas que condenamos todos os dias! Acredito que é hora de comprar porque estamos com boas ofertas, bons produtos e com boas perspectivas de um aquecimento natural do mercado imobiliário.
    Acredito que é hora de comprar porque temos que seguir com nossas vidas e não nos privar dos nossos sonhos e realizações .
    Acredito que é hora de comprar porque temos que fazer nossa parte desta ação de um novo Brasil onde a economia precisar destravar.
    Acredito que é hora de comprar com consciência, pé no chão, permitindo que o dinheiro circule e faça girar a roda, sem gerar dívidas impagáveis .
    Acredito que é hora de comprar como investimento e colocar para alugar! Afinal, quem não está em condições de adquirir a casa própria agora tem na locação sua melhor solução.

    E se é hora de comprar, logo é hora de vender sim. Vender para organizar a economia pessoal e comprar o outro que seja mais adequado ao seu momento de vida.

    Se nasce um novo Brasil, com ele renasce o mercado imobiliário. Somos peças importantes na grande engrenagem que conduz o Brasil para um novo tempo, apesar dos pesares e todas as cicatrizes que nos acompanharão pra sempre na nossa história.

    Muito mais que atleticana, americana ou cruzeirense neste país que brilha no futebol, sou brasileira, com muito orgulho, com muito amor! E lanço mão do “hino” popular do galo para este contexto: Eu Acredito! Somos muito mais em número e força, só precisamos de coragem, patriotismo e organização.

    *Cassia Ximenes é Jornalista, especialista em Negócios Imobiliário, Diretora da Silvio Ximenes Netimóveis e Presidente da CMI-Secovi/MG

     



COMPRAR ALUGAR CÓDIGO